Os 3 desafios da Indústria 4.0 e as 9 tecnologias habilitadoras

Painelistas: Eros Comunello (UNIVALI/4Vision), Ricardo Rabelo (UFSC) e Túlio Duarte (Acate/Harbor)

Local: Auditório

Eros Comunello

Doutorado em Ciência da Computação – Technische Universität Kaiserslautern (2003), mestrado em Ciências da Computação pela Universidade Federal de Santa Catarina (1999). Atualmente é professor da Universidade do Vale do Itajaí (Univali), professor do Mestrado em Computação Aplicada da Univali e coordenador do 4Vision Lab. De 2004 a 2014 foi professor participante do Programa de Pós Graduação em Ciência da Computação da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Colaborador em projetos e pesquisas no Grupo Cyclops (UFSC) e no INCoD – Instituto Nacional em Ciência e Tecnologia para Convergência Digital. Sócio e CEO da empresa 4vision que atua no desenvolvimento de tecnologias de visão computacional. Tem experiência na área de Ciência da Computação, com ênfase em Visão Computacional, atuando principalmente nos seguintes temas: Visão Computacional, Processamento Digital de Imagens, Machine Learning, aplicados ao Monitoramento & Segurança, Industria 4.0 e Rocha Digital.

Tulio Duarte

Sócio e Diretor Técnico da HarboR Informatica Industrial, uma empresa de engenharia que desenvolve e integra sistemas industriais para chão de fábrica há 20 anos e em 15 anos desta história foi o responsável por desenvolver e implementar produtos e projetos de controle de produção e controle de qualidade nas maiores indústrias brasileiras e do exterior também como EUA, China, México, França, Chile, Argentina. Tulio Duarte também é diretor da Vertical Manufatura da ACATE, grupo que reúne as empresas de tecnologia do setor industrial e que tem como responsabilidade acelerar a adoção da Indústria 4.0 no Brasil.

Prof. Ricardo Rabelo

Professor Titular do Departamento de Automação e Sistemas da UFSC, com graduação em Ciências da Computação pela UFSC, mestrado e doutorado em Automação Inteligente pela Universidade Nova de Lisboa, Portugal, e pós-doutorado em Inovação Colaborativa para PMEs pela Universidade Griffith, Austrália. Já trabalhou vários anos como consultor e na indústria. É o coordenador geral na UFSC pelo Programa Institucional de Pesquisa sobre Automação na Indústria 4.0 e presta assessorias na área para variadas organizações governamentais. Trabalha há mais de 20 anos nas áreas de Redes de Empresas, IA, Integração de Sistemas empresariais e industriais, Arquiteturas Orientadas a Serviço (SOA) e, mais recentemente, em Inovação em rede.